Sites Grátis no Comunidades.net
Translate this Page
Enquete
Quantas vezes você já leu um Livro?
1 ou 2
5 ou 6
Leio muito
Nunca li um Livro
Pretendo Ler
Ver Resultados

Rating: 2.7/5 (434 votos)




ONLINE
1





Partilhe esta Página



 


 

 

 

 


Glorificar a Deus, Eis o Segredo Da Vitória
Glorificar a Deus, Eis o Segredo Da Vitória

GLOFICAR A DEUS, EIS O SEGREDO DA VITÓRIA

1. Glorificar a Deus significa honrá-lo acima de tudo e de qualquer outra pessoa, em todas as decisões que tomamos e em tudo o que fazemos na vida

(Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Mateus 6:33).

 

2. Glorificar a Deus significa harmonizar a sua vida com a do Senhor Jesus Cristo de tal forma que todo o peso da glória seja dele e nunca daquele que o glorifica.

(E a paz de Deus, para a qual também fostes chamados em um corpo, domine em vossos corações; e sede agradecidos. Colossenses 3:15).

 

QUANDO É QUE GLOFICAMOS A DEUS?

1. Glorificamos a Deus quando colocamos o seu reino e a sua justiça em primeiro lugar em nossas vidas e aguardamos nele o suprimento de todas as necessidades básicas.

(Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Mateus 6:33).

 

2. Glorificamos a Deus quando levamos a sério a grande comissão deixada para a sua igreja e fazemos discípulos em todos os lugares possíveis.

(Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém. Mateus 28:19-20).

 

3. Glorificamos a Deus quando tornamos a nossa religiosidade prática abençoando de fato as vidas que o Senhor coloca no nosso caminho.

(Mas um samaritano, que ia de viagem, chegou ao pé dele e, vendo-o, moveu-se de íntima compaixão; E, aproximando-se, atou-lhe as feridas, deitando-lhes azeite e vinho; e, pondo-o sobre a sua cavalgadura, levou-o para uma estalagem, e cuidou dele; E, partindo no outro dia, tirou dois dinheiros, e deu-os ao hospedeiro, e disse-lhe: Cuida dele; e tudo o que de mais gastares eu to pagarei quando voltar. Lucas 10:33-35).

4. Glorificamos a Deus quando estabelecemos nossas prioridades de acordo com os princípios da Palavra de Deus.

(O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar. Mateus 24:35).

 

5. Glorificamos a Deus quando optamos por vivenciar os princípios da Palavra que passamos a conhecer.

(Porque, se alguém é ouvinte da palavra, e não cumpridor, é semelhante ao homem que contempla ao espelho o seu rosto natural; Porque se contempla a si mesmo, e vai-se, e logo se esquece de como era. Tiago 1:23).

 

6. Glorificamos a Deus quando vivemos o amor do Pai em nossas vidas a ponto que o mundo possa reconhecê-lo em nós.

(E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. Deus é amor; e quem está em amor está em Deus, e Deus nele. 1ª João 4:16).

 

7. Glorificamos a Deus quando rejeitamos o modelo de vida apresentado pelo mundo e entregamos nossa mente ao Senhor Jesus para transformá-la segundo a sua mente optamos por estar no centro da sua vontade, reconhecendo que ela é boa, agradável e perfeita.

(E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. Romanos 12:2).

 

8. Glorificamos a Deus quando somos pacientes nas provações que se levantam contra nós e as suportamos com paciência.

(E disse o SENHOR a Satanás: Observaste o meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, temente a Deus e que se desvia do mal, e que ainda retém a sua sinceridade, havendo-me tu incitado contra ele, para o consumir sem causa). Jó 2:3.

(Eis que temos por bem-aventurados os que sofreram. Ouvistes qual foi a paciência de Jó, e vistes o fim que o Senhor lhe deu; porque o Senhor é muito misericordioso e piedoso). Tiago 5:11

 

9. Glorificamos a Deus quando honramos diante da incredulidade que assola a humanidade.

(Respondeu Nabudonosor dizendo: Eu, porém, vejo quatro homens soltos, que andam passeando dentro do fogo, sem sofrer nenhum dano; e o aspecto do quarto é semelhante ao Filho de Deus. Daniel 3:25).

 

10. Glorificamos a Deus quando suportamos as duras provas que vêem em forma de laços, armadilhas sobre nós.

(E aconteceu depois destas coisas que a mulher do seu senhor pôs os seus olhos em José, e disse: Deita-te comigo. Gênesis 39:7).

 

11. Glorificamos a Deus quando não tentamos nos justificar diante das calúnias e intrigas que vierem contra nós.

(Amados, não estranheis a ardente prova que vem sobre vós para vos tentar, como se coisa estranha vos acontecesse; Mas alegrai-vos no fato de serdes participantes das aflições de Cristo, para que também na revelação da sua glória vos regozijeis e alegreis. Se pelo nome de Cristo sois vituperados, bem-aventurados sois, porque sobre vós repousa o Espírito da glória e de Deus; quanto a eles, é ele, sim, blasfemado, mas quanto a vós, é glorificado. Que nenhum de vós padeça como homicida, ou ladrão, ou malfeitor, ou como o que se entremete em negócios alheios; Mas, se padece como cristão, não se envergonhe, antes glorifique a Deus nesta parte. 1ª Pedro 4:12-16).

 

12. Glorificamos a Deus quando o louvamos mesmo em fraquezas - físicas.

(E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo. 2ª Coríntios 12:9).

(Nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência, E a paciência a experiência, e a experiência a esperança. Romanos 5:3-4).

 

13. Glorificamos a Deus quando nos gloriamos na cruz de Cristo.

(Mas longe esteja de mim gloriar-me, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim e eu para o mundo. Desde agora ninguém me inquiete; porque trago no meu corpo as marcas do Senhor Jesus. Gálatas 6:14, 17).

 

Portanto, amados, glorifiquemos todos ao Senhor de nossas vidas. Amém.